Ingrid Rodrigues

sentimento que predomina nesse momento é de pura realização. Hoje me sinto realizada de poder, enfim, atuar como médica. Os últimos seis anos foram destinados à realização desse meu sonho, com momentos de sacrifício, cansaço e até mesmo dúvida. Entretanto, nesse momento não me vejo em outra profissão e só Deus sabe como eu sou grata por isso. Agradeço primeiramente aos meus pais, Eduardo e Rivanilda, que sonharam comigo desde a minha adolescência, aos 16 anos, quando floresceu o desejo de me tornar médica. Essa conquista não seria possível sem o apoio e a dedicação deles. Agradeço ao meu irmão, que ao longo dessa caminhada sempre esteve ao meu lado, me incentivando e me dando motivos para continuar. Agradeço aos meus avós e todos os meus familiares por todo o apoio. Um agradecimento especial a todos os pacientes e professores que foram peças fundamentais para a minha formação. Agradeço aos meus amigos e todos que cruzaram o meu caminho nesses anos, tornando minha jornada mais leve e feliz. Nesse período, sempre refletia com uma canção “Basta acreditar, um novo dia vai raiar, sua hora vai chegar”! Minha hora chegou! Enfim, médica.
Álbum de fotos:

Família